testo


"Que nunca te falte amor... mas, se faltar, sabes onde me encontrar."

Bem Vindos

Bem Vindos ao Portal de Luz

segunda-feira, 17 de outubro de 2016

Despertar da Fé Racional

Resultado de imagem para fé racional

Despertar da Fé Racional

Você carrega dentro de si uma força motriz que pode fazer com que seus sonhos se concretizem e que suas idéias, planos e projetos se tornem realidade, independente das dificuldades que o ambiente externo apresente no momento. Basta ter fé. Acreditar é o princípio essencial que faz com que a sua força interior entre em ação.

Todas as grandes religiões do mundo mostram que a fé é uma força sem limites que aciona o poder criador e realiza milagres de todos os tipos. A própria Bíblia, principal livro sagrado adotado no ocidente, está toda embasada no preceito da crença.
Se você percorrer os templos sagrados ocidentais e orientais, sendo curioso e investigativo, conhecerá histórias verdadeiras de ocorrências de milagres inquestionáveis. 

Notará rapidamente que a cura ocorre tanto no cristianismo, quanto no islamismo, budismo ou hinduísmo. Indo mais fundo, pesquisando outras correntes de pensamento menores, em comunidades mais primitivas, você perceberá que os milagres continuam acontecendo, aos montes.


Como já dizia Paracelsus, famoso médico e ocultista da Idade Média: “Quer o objeto da fé seja verdadeiro ou não, os resultados serão os mesmos.”
A afirmação acima pode parecer confusa inicialmente se a sua formação religiosa for centralizada na idéia de um único salvador ou coisa parecida. Mas se você ampliar o seu conceito de fé e se tornar capaz de quebrar os seus tabus místicos e religiosos, verá que os resultados miraculosos não dependem de um objeto físico ou não-físico, real ou imaginário. Na verdade a fé é simplesmente a forma através da qual a sua força interior é despertada.

Pois bem!

Para que você entenda melhor o princípio da fé, analise as situações abaixo. Os personagens são fictícios, mas os dramas vividos por eles é coisa que acontece o tempo todo neste mundo de Deus. Vejamos:

Kauabi é um jovem índio que vive em uma reserva no alto xingu. Está à beira da morte, vítima de um câncer letal, desenvolvido a partir da alimentação desregrada adquirida através do contato com o homem branco. Como última alternativa, seu pai busca ajuda em outra tribo distante onde habita Aruama o mais poderoso de todos os pagés. 
Dona Maria é uma senhora de meia idade que sempre cultuou santos católicos, de repente se vê enferma sobre uma cama, vítima de uma doença supostamente incurável. No fervor de sua fé, ajoelha-se aos pés de um altar improvisado em um cantinho da sua casa e faz a promessa subir a escadaria de um grande santuário, de joelhos, em agradecimento ao tão desejado milagre de cura. 
Enquanto isso, na Avenida Paulista em São Paulo, o publicitário Roberto está em crise. Atônito, observa a sua vida financeira em colapso, vítima de uma série de acontecimentos inusitados. Como última alternativa, tentando fugir do inferno astral que o assola, resolve participar de um seminário sobre a Lei da Atração

Em pouco tempo, milagres distintos e inexplicáveis acontecem com os nossos três protagonistas. Pouco tempo depois da visita do poderoso pajé, seguindo de um tratamento envolvendo rituais, ingestão de chás e alimentos naturais, o jovem índio se torna novamente saudável, ativo e feliz junto à sua comunidade. 
Dona Maria também recuperou a saúde e cumpriu a sua promessa penosa, mas com o coração alegre e agradecido. 
Roberto descobriu que suas mazelas eram advindas da perda do amor-próprio, resultado de sua vida glamurosa, porém fútil. A riqueza adquirida no âmbito material contrastou com a pobreza de espírito adquirida quando cresceu em conhecimento e regrediu em sabedoria. Agora, com a auto-estima elevada e praticando a regra de ouro, segue em franca recuperação financeira.

Analisemos a situação vivida por nossos três protagonistas:
Será que o feiticeiro do alto Xingu seria capaz de realizar a cura se Kauabi já tivesse abandonado sua cultura original e não acreditasse mais nos rituais.
Será que qualquer um de nós, em lugar de Dona Maria, teria sido curado, sem a sua fé fervorosa, simplesmente nos comprometendo, numa troca de favores com um santo?
Finalmente, a pergunta mais intrigante: Por que Roberto recupera sua fortuna em ritmo tão galopante enquanto tantos outros conseguem resultados tão parcos em anos de utilização da Lei da Atração.

As respostas aos questionamentos acima são óbvias: Ambos têm crenças adquiridas e o despertar da fé dependeu apenas de um fator agravante que exigiu ação enérgica e imediata. Nossos personagens já tinham um pré-conceito de fé e só precisaram intensificar suas crenças novamente.
Se você já tem uma crença firme, aproveite-a. Caso contrário, será necessário muita persistência e um determinado tempo para estabelecer um novo paradigma.
Mudar as suas crenças não será tarefa fácil. No entanto, se você não está contente com os resultados que experimenta, terá que pagar o preço.

A sua fé, num nível mais profundo, está relacionada a hábitos arraigados no subconsciente desde muito tempo. E, a mudança de hábitos leva tempo e exige dedicação, persistência e determinação. Mas acredite: valerá a pena acreditar em si mesmo.

Valerá a pena elevar o seu conceito acerca de Deus e do Universo, desfazendo-se do papel de vítima até se transformar em co-criador do seu destino feliz e promissor.

 O artigo acima foi escrito por Francisco Ferreira, o Aprendiz. O Autor tem doze livros publicados e quinze programas de auto aperfeiçoamento em áudio e vídeo...


http://www.academiadoaprendiz.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário