testo


"Que nunca te falte amor... mas, se faltar, sabes onde me encontrar."

Bem Vindos

Bem Vindos ao Portal de Luz

quinta-feira, 7 de julho de 2016

Silêncio e quietude: os grandes segredos da Meditação



Silêncio e quietude: os grandes segredos da Meditação 
 - Joel S. Goldsmith - . 

Sabe porque a demonstração da Verdade aprendida em O Caminho Infinito é tão reduzida? E porque os tratamentos e preces alcançam a tão poucos? Primeiro, porque na meditação é declarado conscientemente a Verdade sobre Deus, é conscientizada a natureza de toda forma de ilusão como isenta de substância, poder ou lei de sustentação, mas SE ESQUECE DE AGUARDAR, EM QUIETUDE, a certeza interna de que Deus é o único Poder, única Lei, único Ser! 

 Ao encarar um problema, esquive-se dele mentalmente e, de modo algum permita sua entrada em sua consciência. Declare ou pense em alguma Verdade sobre Deus, Seu Universo, Sua Presença e seu Poder. DEIXE QUE O PENSAMENTO SOBRE DEUS SE DESENVOLVA EM SEU ÍNTIMO! Declare ou pense tudo que você já sabe sobre a natureza do erro — pecado, doença, carência, morte. DECLARE QUE TUDO NÃO PASSA DE FORMAS DO MUNDO DA CRENÇA — consciência coletiva da raça, pensamento mesmérico criador de “nadas”. Em seguida, ESPERE! Espere quietamente, silenciosamente, numa atitude de expectativa. Ouça a Voz interna, o “click”, a libertação. 


Contínuas meditações interiores, contínuas investidas ao centro de nosso ser, acabarão por nos levar à experiência do Cristo. Naquele instante, perceberemos o mistério da vida espiritual: deixaremos de nos preocupar com o que comer, com o que beber, com o que vestir. Deixaremos de fazer planejamentos; abandonaremos todos os esforços. Somente o Cristo pode viver Sua vida para nós, e encontraremos o Cristo dentro de nós mesmos, em meditação. O grau em que atingirmos a experiência do Cristo, a presença do Espírito de Deus em nós, determinará o grau de nosso desenvolvimento individual. 

 Pratique isso várias vezes por dia. Aproveite todas as oportunidades, tanto com os seus problemas como com os de outrem. Lembre-se: a busca não visa a um crescimento material, mas a realização do Cristo. Somos instrumentos pelos quais o Impulso espiritual destrói o conceito mortal para revelar o homem real cujo ser “está em Cristo”. 

 O fundamento da cura está na compreensão desta expressão: CRISTO-REALIZAÇÃO. 

 O grande segredo da meditação é o silêncio - não repetições, não afirmações, não negações – apenas o reconhecimento da totalidade de Deus, seguido de profundo e profundo silêncio, que anuncia a presença de Deus. Quanto mais profundo o silêncio, mais poderosa se torna a meditação. 

 Você deve honrar este silêncio. As coisas sagradas, que sejam mantidas em sua sacralidade: conservem-nas sagradas e secretas. Nada há, de natureza sagrada, que se deva compartilhar com alguém. Todos são livres para buscar Deus à sua própria maneira, e, a cada um, cabe se esforçar para achar o que está buscando. 

 Não há ocasiões para compartilharmos as experiências mais profundas, as nossas descobertas mais sagradas de nosso relacionamento com Deus, porque cada um é livre para seguir e fazer o mesmo. As coisas profundas e sagradas devem permanecer ocultas em nossa própria consciência. Quanto mais as mantivermos secretas e sagradas dentro de nós, maior será o poder. 

 Sente-se ou deite-se confortavelmente, relaxe o corpo, a mente, e sinta-se livre. Este estado receptivo exclui qualquer esforço mental. Você não estará procurando Deus; antes, estará simplesmente RECEBENDO O CRISTO, de modo relaxado, sossegado e pacífico; estará “sentindo” aquela Presença. E, nesse estado de receptividade, unicamente existe consciência, serenidade, pureza e paz. Não se prenda a nenhum desejo, motivo ou pensamento do ego — considere apenas idéias de pureza; pureza e objetivo espiritual; de pura alegria. 

 Conserve-se em paz, e a Palavra lhe virá: “Eis que estou convosco até o fim do mundo"... ”Eu nunca o deixarei nem o abandonarei” 

— Eu Sou Você!

Nenhum comentário:

Postar um comentário