testo


"Que nunca te falte amor... mas, se faltar, sabes onde me encontrar."

Bem Vindos

Bem Vindos ao Portal de Luz

sexta-feira, 15 de julho de 2016

Não Dê Ênfase Sentimentos Negativos



Não Dê Ênfase Sentimentos Negativos 

 É sabido que os sentimentos negativos são devastadores, tanto para o corpo quanto para a alma. Quem nuca sentiu, pelo menos superficialmente, os efeitos negativos da raiva, do medo e da tristeza? A mudança é notória. O coração dispara, a pressão arterial sobe e o semblante se torna pesado. Imagine agora o rebuliço que isso provoca em todo o sistema energético vital, considerando, além do corpo, a mente e o espírito. 

 No nível da vibração, muitas vezes chamado de astral, as frequências da maldade formam imagens grotescas e horripilantes. Se você pudesse se ver sob o prisma da visão cósmica, ficaria estupefato ao vislumbrar os efeitos trágicos dos pensamentos, sentimentos e ações negativos. 

 Todas as pessoas que agora leem este artigo já expressaram sentimentos negativos. Eu, você e os outros, estamos todos propensos a nos desviarmos do fluxo cósmico do bem-estar. É comum vivenciarmos experiências desagradáveis num contexto existencial que é todo embasado no contraste entre os opostos. O problema fica sério quando nos atrelamos ao negativo, de forma metódica e permanente. Experimentar o mal é uma coisa, internalizá-lo é outra, totalmente distinta. 


O processo de aprendizagem no qual estamos inseridos neste plano denso material exige um confronto permanente contra o mal. Isso é óbvio. No entanto, é imprescindível tomar, a cada momento, uma sábia decisão: dar prioridade absoluta aos estados de espírito relacionados ao bem, ao nobre e ao justo. 

 Quando alguém muito sábio disse há mais de dois mil anos atrás que não devemos resistir ao mal, seguramente se referia à necessidade de não darmos foco ou atenção ao negativismo que, inevitavelmente, cruza o nosso caminho constantemente. 

 Por favor, Aprendiz! Não se permita a si mesmo tornar-se uma vítima da vibração da maldade. Como? Esteja sempre alerta e aja sabiamente no sentido de aniquilar o mal enquanto esse é apenas uma semente. Se você for preguiçoso e permitir a germinação e o crescimento do negativismo em sua essência, será muito mais difícil fazer a limpeza depois. 

 O mal instalado no seu subconsciente cria raízes profundas. Portanto, cuidado para não se tornar um jardineiro tolo, cultivador das sementes do medo, do ódio e da tristeza. Essas e outras pragas mentais negativas são as origens de um jardim infernal, cheio de pragas que, rapidamente, sufocarão seu corpo e sua alma. 

Obviamente, ninguém é perfeito. Já existe toda uma horda de ervas daninhas lá dentro, na nossa essência mais profunda. Por conta disso, tão importante como cuidar das novas semeaduras, há a necessidade de se trabalhar incansavelmente no sentido de eliminar as velhas pragas mentais e emocionais. 

 Opte por recriar o Jardim do Éden dentro de si mesmo. Ao mesmo tempo, trabalhe arduamente no sentido de eliminar, uma a uma, todas as ervas daninhas semeadas no passado, tanto por você, quanto por outras pessoas, mediante a sua permissividade. 

 Seja um jardineiro sábio e sensato a partir de agora. Escolha as sementes da paz, da alegria, da prosperidade, do amor, da justiça e do perdão. Em breve você perceberá que o trabalho dispensado para refazer o Jardim do Éden é o mesmo que você teria, caso optasse por cultivar desgraças. Mas, os resultados são espantosamente distintos. Enquanto um leva aos abismos infernais da consciência inferior, o outro ascende aos céus inefáveis da Consciência Superior. 

 Enfrentar a luta entre o bem e o mal é inevitável porque faz parte do jogo da vida. No entanto, escolher o lado bom de todas as coisas denota uma sabedoria superior de sua parte. Seja inteligente. Priorize o bem, desde o nível dos seus pensamentos até chegar ao terreno prático das suas atitudes e ações ordinárias. 

 Combater o bom combate é algo que vale muito a pena, Aprendiz. 

Não Resistais ao Mal. Deixe o sair sempre, da mesma maneira como entrou. Não permita que o mesmo se instale em sua essência. Trate-o sempre como um intruso, um visitante indesejado. Mostre-lhe sempre a sua opção pelo outro lado da moeda. 

 O bem e o mal são como sementes, lançadas a esmo diariamente em seu caminho para sua aprendizagem e crescimento, mediante a prática da vivência, nesse imenso Jardim de Deus. Está em suas mãos o poder de seleção para fazer a triagem, a separação e a escolha. E então? Vai se dispor a separar corretamente o joio do trigo a partir de hoje? A sua resposta sincera a esta pergunta o levará a tomar atitudes que poderão representar cura, libertação, vitória, sucesso e êxito pessoal. 

Pense bem, Aprendiz. 

http://www.academiadoaprendiz.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário