testo


"Que nunca te falte amor... mas, se faltar, sabes onde me encontrar."

Bem Vindos

Bem Vindos ao Portal de Luz

segunda-feira, 6 de junho de 2016

AKENATON, O FARAÓ EGÍPCIO



AKENATON, O FARAÓ EGÍPCIO 

 Akhenaton, o Faraó que foi um verdadeiro Príncipe da Paz, deixou-nos um importante legado espiritual, plenamente válido e precioso para a Humanidade no século XXI, que já enfrenta sérios problemas de ordem planetária. Talvez os seus ensinamentos possibilitem aos seres humanos o resgate das suas Raízes Solares, espirituais e físicas, auxiliando cada um de nós a encontrar o seu verdadeiro lugar no Universo, objetivo principal de nossa existência neste planeta. 


O Rei Akenaton é famoso porque estabeleceu o monoteísmo no Egito, numa época de eu reinado em que a civilização era bastante politeista. 

 Akhenaton desde cedo revelou suas tendências místicas, no sentido de um maior entendimento da natureza divina. 

 Segundo informações de Vyvamus, canalizadas por Janet McClaire, da Fundação Tibetana, a mesma alma que foi Akenaton foi também de Zoroastro e posteriormente São Pedro, dic´pulo de Cristo. Ele encarnou novamente nos tempos atuais como Brian Grattan, que escreveu The Rider on the White Horse e uma obra em dois volumes Mahatma I e II. De acordo com essas canalizações, Pedro foi a primeira pessoa encarnada na Terra a ancorar no físico a energia do Mhatma, também conhecida como o Avatar da Síntese. Segundo seu livro, Grattan ascensionou nessa vida. 

 Akenaton estabeleceu o monoteismo fazendo seu povo adorar o Deus-Sol, Rá. Todos os demais deuses foram absorvidos no único Deus-Sol. Externamente, diante do povo Akenaton adorava o Deus Sol, Rá; entretanto, interiormente e junto aos seus auxiliares mais avançados, ele adorava um Deus-único, o Criador, Aton. 

 O Faraó Akhenaton é o autor do Hino a Aton (Hino ao Sol), considerado o maior e o o mais belo poema de louvor a Deus e à natureza, em toda a história da Humanidade. 

 Assim, vivendo em Deus e por meio de Deus, Akhenaton parece um ser quase imaterial, porque ele sempre demonstrou uma enorme tendência pacifista, sendo contrário a qualquer manifestação de violência. 

 O Rei Akenaton apresentou uma filosofia que dizia que Deus criou não apenas o Egito, mais o mundo inteiro e o universo, incluindo todas as pessoas, animais e coisas. 

 A profunda sabedoria contida na doutrina de Akhenaton continua a irradiar-se através dos milênios e chega até nós cada vez mais fascinante e bela. 

 Geraldo Rosa Lopes 

 Pesquisa de Fatima dos Anjos 

 vários livros

Publicado por Fatima dos Anjos

http://portalarcoiris.ning.com/group/Cosmo/forum/topic/show?id=2899738%3ATopic%3A1676107&xg_source=msg


Nenhum comentário:

Postar um comentário