testo


"Que nunca te falte amor... mas, se faltar, sabes onde me encontrar."

Bem Vindos

Bem Vindos ao Portal de Luz

domingo, 29 de maio de 2016

VOCÊ É O QUE VIBRA



VOCÊ É O QUE VIBRA

 Pensamentos e Sentimentos de tristeza, raiva, vingança e ira provocam constantemente acontecimentos desagradáveis na nossa Vida e criam dormência na sensibilidade e nas alegrias. 

Todos os Pensamentos e todos os Sentimentos são energias vibratórias com movimentos incessantes, eles enviam sinais ou mensagens ao raciocínio que por sua vez se transformam em ondas vibratórias nas áreas pensantes e emocionais do planeta Cérebro ( Mente) e essas vibrações criam histórias tristes e amargas repletas de ansiedades e rancores, sobre a nossa 


Vida e ou de outras pessoas, do passado, do presente e do futuro, muitas vezes essas histórias são ilusões que vão muito além da imaginação. Neste estagio a área pensante e emocional começa a dar Vida aos Pensamentos e Sentimentos negativos e infelizes e o raciocínio não consegue analisar o que é verdade ou utopia. 

 E assim, os diálogos entre Pensamentos e Sentimentos se tornam um círculo vicioso e deixam o nosso corpo físico susceptível a todos os tipos de doenças. 

 Pensamentos e Sentimentos negativos se alimentam dos conflitos e das infelicidades, porque para o negativo os conflitos e infelicidades são enormes prazeres. A tristeza e a infelicidade adoram brigas, violências e conflitos familiares e conhecem nossas fraquezas mais ocultas.... É a pura infelicidade procurando mais infelicidade e assim esses Pensamentos e esses Sentimentos se energizam mutuamente; em ambos os casos eles se alimentam da violência tanto emocional como física. 

 Quando educamos corretamente esses habitantes vibratórios e o que eles atraem, podemos nos libertar e ficar atentos eliminar o fluxo pesado das emoções negativas. 

 Portanto, precisamos deixar de criar o pensar e o sentir de resistência Interior para fortalecer a própria Vida. 

 Postado por Jose Carlos Medeiros de Araujo

Nenhum comentário:

Postar um comentário