testo


"Que nunca te falte amor... mas, se faltar, sabes onde me encontrar."

Bem Vindos

Bem Vindos ao Portal de Luz

quinta-feira, 6 de julho de 2017

Alimentação Vegetariana e Respiração Consciente

Resultado de imagem para alimentação vegetariana e respiração consciente

Alimentação Vegetariana e Respiração Consciente





“A alimentação é mais uma forma que um ser humano tem para expressar a sua relação com a vida holística. 

Ao observarmos com profundidade os elementos que compõem a prática alimentar de uma pessoa, podemos nos aproximar de um diagnóstico que revele o estado de consciência daquele ser humano.

 Os exemplos nos deixado por inúmeros Mestres de Sabedoria nos sugerem que, para um refinamento e uma sutilização de nossas consciências, a prática da sutilização da alimentação pessoal deve acompanhar as outras práticas afins como a oração, a meditação, a ioga, etc. 

A alimentação vegetariana, neste caso, é a sugestão orientada pelos Mestres de Sabedoria para os 'buscadores espirituais'. A questão mais profunda da alimentação está no mistério de uma “Inteligência Multidimensional” que interliga os elementos constituintes do planeta na direção evolutiva que nos encaminha a uma harmonização e equilíbrios necessários. 

A anatomia holística do ser humano inclui uma série de elementos dos mais variados reinos (mineral, vegetal, animal, humano, etc.) e, para que o homem possa elevar a sua consciência, necessita ir se harmonizando com cada reino do planeta, tanto no seu mundo externo quanto no reflexo interno da sua constituição holística.

 Desta forma, o homem deve aprender a se relacionar amorosamente com todos os Reinos da Terra compreendendo os seus propósitos originais, respeitando-os e assumindo também a sua posição harmônica dentro desta “Rede Interdependente de Vida”. 

A alimentação vegetariana entra, neste ínterim, como uma prática que se encaminha para esta harmonização. Sem um estudo do próprio corpo humano (anatomia, histologia, fisiologia dos sistemas, etc.) e sem um estudo dos propósitos dos reinos paralelos para a Terra, um 'buscador espiritual' sentirá grandes dificuldades de encontrar a harmonia ou a paz que deve estar aspirando. 

A própria natureza das energias superiores mais sutis não encontram espaço de manifestação, em um corpo humano que ainda esteja carmicamente desarmonizado ou em débitos atemporais com os Reinos da Terra.  Como um espelho perfeito, o ser humano terrestre traz em si, internamente, os reflexos externos da sua experiência individual e também coletiva com todos os elementos existenciais dos mais variados reinos deste planeta.

 Desta forma, um meio de se harmonizar não só com o Reino Animal, mas com todos os outros reinos está numa prática consciente dos propósitos da alimentação vegetariana. 

Outro aspecto relevante para estes atuais tempos de transição cósmica que nos coliga com o tema da alimentação, diz respeito à elevação da Terra como planeta às realidades da quinta dimensão.

 Como um evento bastante divulgado e sendo aguardado pelos Iniciados Espirituais da Terra, a entrada das energias da quinta dimensão, na Terra, transformará espontaneamente a forma das relações alimentares dos seres humanos que conseguirem se estabilizar com a nova freqüência do planeta. É que o corpo humano ou a consciência humana que responde ou se sintoniza com as energias da quinta dimensão é o “Corpo de Luz”. E este “Corpo de Luz” se fortalece, principalmente, através de uma nutrição mais sutil. 

Outro aspecto que também devemos ter bastante consciência, observando a manifestação da vida comum sobre os vários países da Terra, é que o alimento está sendo um vetor de seletividade para a humanidade, demonstrando o quanto ainda não compreendemos a nos relacionar como Raça Humana, em sua consciência coletiva, com as diferentes energias que este planeta nos oferece.

 Atualmente, dos sete bilhões de seres humanos presentes no plano material da Terra, há quase um bilhão de seres carentes de uma alimentação física básica. Este desequilíbrio é uma resposta seletiva para aqueles humanos que ainda não compreendem que a vida cósmica atemporal ajusta as suas realidades, mesmo em um planeta em que o sofrimento se manifesta inteligentemente como uma escola para o aprendizado. Enquanto não transcendermos juntos esta zona de sofrimento que ainda persiste, não podemos experimentar do 'manjar' das energias celestiais, por via direta.

  Ficando esta experiência reservada para apenas poucos iluminados.”   

(Do livro “COMANDO ESTRELINHA, Temas Transcendentais”, págs 52 a 55)





Nenhum comentário:

Postar um comentário